Notícias

Conferência quer fortalecer Sistema Único de Assistência Social em Várzea Grande

Cuiabá - MT, postado em 13.07.2017 às 22:32hs | Fonte: Secom- VG | Por: Da Redação

 Com a finalidade de analisar, propor e deliberar políticas públicas com base na avaliação local, reconhecendo a corresponsabilidade de cada ente federado no fortalecimento de ações e prestação de serviços, a 7ª Conferência de Assistência Social foi aberta pela prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos que em seu discurso ratificou o comprometimento da gestão de tornar a cidade humanamente justa e economicamente equilibrada com a execução de projetos que empoderam famílias.   

A conferência propõe 2 dias de discussões em torno do tema “Garantia de Direitos no Fortalecimento do Sistema Único da Assistência Social (SUAS)”. O evento é uma organização da Secretaria de Assistência Social e contou com a participação de representantes dos poderes legislativo, executivo e judiciário; lideranças comunitárias, representantes de projetos e entidades sociais e população em geral. A programação se estende até amanhã (13), na Conferência Nossa Senhora do Carmo.

Com a palavra a prefeita Lucimar registrou algumas ações desenvolvidas pelo município em políticas públicas socioassistenciais; como “Amigas Empreendedoras”, “Juventude Ativa”, “Laços Maternos”, além dos trabalhos dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). “A conferência é um momento de trazer os usuários para o centro do debate. As pessoas têm que ter a oportunidade para saírem da situação de vulnerabilidade social e evoluírem. O evento é de suma importância para identificar os rumos que devem ter as políticas de serviços socioassistenciais do município. Serão dois dias de debates, para elaborar e promover diretrizes para criação e implementação do Plano para os SUAS”.

A secretária de Assistência Social, Kathe Maria Martins destacou que Várzea Grande vem ampliando suas unidades de atendimento e qualificando seus serviços e trabalhadores sociais. “Consideramos esta uma política muito necessária, especialmente no atendimento de famílias em vulnerabilidade social, onde mais necessitam da Assistência Social. Esperamos que as deliberações debatidas neste encontro possam contribuir e somar para a qualificação do SUAS em Várzea Grande e fortalecer a Rede de Proteção", frisa a secretária.

O presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, João Gumercindo Cassin explanou que quando se propõe consolidar essas políticas públicas, significa que ainda muito se tem a fazer. “Há ainda muitas demandas e grandes desafios para a área. Essa é uma oportunidade de dialogarmos para concretizarmos opções factíveis e reais na geração de bons frutos para a construção de uma Várzea Grande cada vez melhor”.

A representante do Fórum Estadual dos Trabalhadores do SUAS, Nildiane Lopes Coelho da cruz disse que a conferência é um espaço para debater ideias, formalizar propostas de interesse público, acompanhar ações da assistência social e muito mais. “O objetivo é aproximar a sociedade civil das ações públicas e discutir a garantia dos direitos junto à população”.

O delegado de Polícia Judiciária Civil, Bruno Lima Barcellos reiterou a importância da Assistência Social na cidade.  “A Pasta deve se interagir com a Segurança Pública visando diminuir os índices de violência. Quando envolvemos o indivíduo em projetos socioassistenciais evita-se vítimas de crimes, e consequentemente encarcerados. Juntos venceremos essas anomalias sociais, privilegiando acima de tudo, o princípio da dignidade da pessoa humana. As políticas devem decorrer do ser humano e retornar a eles. Prevenção é melhor do que repressão. O espaço democrático é um estímulo de políticas públicas que se tornarão eficazes na cidade”, salienta.   

A usuária do “Amigas Empreendedoras”, Elisangela Teles agradeceu a gestão pela implantação do projeto que conscientiza as mulheres acerca de direitos e ainda empodera para um condição de vida digna. “No projeto aprendemos a nos valorizar e melhorar a condição de vida familiar. Nós usuárias estamos sendo apoiadas a crescer profissionalmente que veio somar muito na minha vida. Tenho orgulho do “Amigas Empreendedoras”, me sinto uma soldada deste exército empreendedor”.

Após a leitura do Regimento Interno, houve a palestra com o presidente do Conselho Estadual de Assistência Social (CEAS/MT), José Rodrigues Rocha Júnior. Posteriormente, os participantes se dividiram em grupos para discutirem 4 eixos temáticos (proteção social, gestão democrática, acesso às seguranças socioassistenciais e legislação) para elaborar o relatório final. Os grupos também elegerão nesta sexta-feira (14) os delegados e a plenária final para a Conferência Estadual de Assistência Social.

Deixe seu comentário!

Veja Também

publicidade

2017 - Todos os direitos reservados ao Website Servidores MT - A.A.DA COSTA PROPAGANDA - CNPJ 10.172.291/0001-59. Fale com a redação (65) 9984-1353 / contato@servidoresmt.com.br